03 julho, 2006

da seiva



Desenhei o meu nome sobre a folha
com o soro-seiva da árvore sagrada.

Bordei o meu nome com raios de Sol
e pintei-o com as cores de cada fio de luz.

Desenhei um corpo inteiro,
com raízes, ramos e figos maduros.
Nas nervuras assinalei o curso do tempo
e marquei com o meu cheio
todas as fronteiras que têm de cair.

Aqui, sabe-se, o horizonte é sempre mais adiante.

Desenhei até às bordas da folha
e quando a folha não tinha mais espaço,
desenhei nas mãos, nos braços, no ventre...
E cobri a pele toda com o meu nome-desenho-de-árvore.

Trago o corpo todo estendido
com o meu nome à mostra.

O meu nome parecia ser o último segredo,
mas não é.

24 comentários:

Teresa Durães disse...

estava a tentar entender mas devo estar burra.... Boa tarde para ti!

João Barbosa disse...

bonito

ordePadamaR disse...

Voltaste a escrever !
Que bom :-) e que bem...

Tanto que deves ter para desvendar..

:-x

greentea disse...

quem quizer que o leia...


e voltáste!!

eu estou de partida, nã tarda

beijinhos

Jardineira aprendiz disse...

Então foi isso que fizeste na longa ausência? ;)
(Desculpa, há dias que só apetece brincar!)
Bjinho

Isabel José António disse...

Olá Sa.ra,

Como de costume, pego em dois versos teus e a partir daí faço o meu desenvolvimento, pode ser?

"Bordei meu nome com raios de sol
e pintei-o com as cores de cada fio de luz"
Cobri meu rosto com teu suave lençol
Deixei correr em mim a seiva que reluz

E fui amanhecer; fui o meio do dia
Crepúlculo e a própria noite cerrada
E começou toda esta imensa alegria
De me sentir pronto para a alvorada

Toda a seiva da vida estava no meu SER
Toda a energia criadora se declarava
Pronta para voar à descoberta e saber
Que a busca do infinito se preparava

E fui TUDO e não sou NADA. Apenas eu!
Caminhante eterno em busca da verdade
Buscando o segredo que nada tem de seu
Amor maior aspirando toda a liberdade

Um abraço

José António

jorgesteves disse...

Palavras desenhadas no imaginário; bem conseguido!

amizade,
jorgesteves

bettips disse...

Ainda bem que voltou, pequena fonte de luz! Isto é o que se dá e o que se recebe: partilha de coisas boas e belas. É simples, vamos conservá-las assim. Passei aqui para lhe deixar um abç de boas-vindas.

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Passei para deixar lembranças...

Beijinhos,
Cris

Liliana disse...

Os índios Guarani, quando nascia uma criança, diziam que: A Palavra tomou Assento.
O nome da criança escolhido pelo feiticeiro da tribo,era conhecido da família e mais tarde do próprio, mas não era pronunciado, senão a pessoa dividia-se...
Tinham outro nome, que usavam em sociedade.
Actualmente,acho que somos nós, que precisamos procurar, o nosso verdadeiro nome, aquele que é capaz de nos unificar.
Se tiveres tempo e quiseres, há uma história na Cidade do Esquecimento que se chama Dádiva. É sobre uma folha também. É o primeiro post de todos do blog.
Acho que irias gostar.
Bom fim de semana

as velas ardem ate ao fim disse...

que bonito a serio!

raquel disse...

Vim espalhar um cheiro, das fronteiras que hão-de cair. Ainda que o não vejamos. Afinal o mundo não é só para nós, é para os que hão-de vir.
Um beijo, estou certa que estás a bordar, com raios de sol, de lua e gotas de mar.

ruth iara disse...

O significado deste poema para mim ficou secreto, mas mesmo assim eu o senti e compreendi com o coração.

Beijos!
Tudo de bom!

Jardineira aprendiz disse...

Espreitando... para ver o que desenhas.
:)

Liliana disse...

Olá.

Vou ausentar-me por mais tempo.
Vim só para deixar um abraço.

LuzHarmonia disse...

Gostei muito.
Aliás, como sempre.
Beijo de Luz

eveonclouds disse...

Canto-te o teu nome,
só para te recordares...
um beijo

sa.ra disse...

olá!

vim só para vos deejar um dia muito feliz... dizer obrigada e até breve!


****
beijos!

Teresa Durães disse...

Acertámos nos dias. Estas sincronias espantosas. E eu que não acredito em acasos. Sabias que o Voando acabou durante uns tempos e só ontem regressou?

:)

Beijos!!!

Jardineira aprendiz disse...

Espero que esse breve seja mesmo breve!
:)
Bjinho

raquel disse...

espero que estejas bem, nas tuas férias em movimento!

Joao Soares disse...

Gostei muito da imagem bordei o meu nome com os raios de sol

Boas ferias
João, Bioterra

P.S. Já agora a minha esposa tem também um blogue que acho que gostarás de o visitar
http://terrasdeargila.blogspot.com

bettips disse...

Traz-nos a luz do teu nome e as flores das tuas palavras, até breve. Abç

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Te vi passando pela minha janela...

Vim ler tuas palavras e te deixar um beijinho!!!
Tenha um lindo domingo!!!

Cris