06 março, 2007

palavras encantadas

Lição da borboleta

Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.
Um homem, sentado, observava a borboleta enquanto ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno orifício.
Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, não conseguiria ir além.
Então, o homem decidiu ajudar a borboleta.
Pegou numa tesoura e cortou o casulo.
A borboleta conseguiu sair facilmente, mas o seu corpo estava murcho, pequeno e tinha as asas amassadas.
O homem continuou a observar a borboleta, esperando que a qualquer momento a asas se abrissem e esticassem, e fosse então capaz de suportar o corpo e firmar-se a tempo.
Nada aconteceu!
Na verdade, a borboleta passou o resto da vida a rastejar com o corpo murcho e as asas encolhidas. Nunca foi capaz de voar.
O homem não compreendeu, na sua gentileza e vontade de ajudar, que o casulo apertado era necessário. A borboleta teria de passar através da pequena abertura, pois esse era o modo de Deus fazer com que o fluido do corpo da borboleta fosse para asas. Essa era a forma a prepará-la para voar, uma vez liberta do casulo.

Algumas vezes o esforço é justamente o que precisamos na nossa vida.
Se Deus nos permitisse passar através das nossas vidas sem quaisquer obstáculos,
Ele nos deixaria aleijados. Não sairíamos tão fortes como poderíamos ter sido.
Nós nunca poderíamos voar.
Eu pedi Força... e Deus deu-me Dificuldades para me fazer forte

Eu pedi Sabedoria .... e Deus deu-me Problemas para resolver

Eu pedi Prosperidade...e Deus deu-me Cérebro e Músculos para trabalhar

Eu pedi Coragem... e Deus deu-me Pessoas com problemas para ajudar

Eu pedi Favores ... e Deus deu-me Oportunidades

Eu não recebi nada do que pedi...

Mas recebi tudo o que precisava.
Retirado daqui, um lugar cheio de histórias para ouvir e contar

33 comentários:

bono_poetry disse...

ola sa.ra
uma visao apaixonada do que poderia ser a vida...
caso deus manifestasse mais vezes a sua presenca...
que hei-de dizer a uma trecho tao bem escrito...depositando imensa fe,,,e sabedoria...um beijo gostei muito...

Avusa disse...

muito bonito.
beijo para ti tb amiga...

LARA disse...

Lindissimo e de grande profundidade.

Beijinho Linda

Misterious_Spirit disse...

Olá! Antes de tudo quero agradecer pelo comentário que deixou no meu blog,adorei!! Também gosto muito do outono,com todas as suas cores mágicas.

Quanto a este post está igualmente muito interessante. Nós somos como as borboletas;para nos tornarmos fortes e dignos da nossa vida temos de nos esforças,para que consigamos alcançar os nossos objectivos e realizar nossos sonhos.

Um abraço

Conceição Bernardino disse...

Olá,

Povo

Ò povo que trais sem saber
O corpo que cansada da luta não
Pode ver

Ò néscio que não tiveste
Quem a ti te ensinasse
A andar.

Ò triste que caminhas com os
Pés dos outros,
Sem saber no que estás a pisar!

Poema da autoria de LILIANA BARRETO do LIVRO POISEIS II

Desejo-te uma bela semana, na companhia deste belo poema que encantou os sentidos.

Beijinhos ConceiçãoB
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Um texto delicioso!

1 beijo =^.^= tarina

Kalinka disse...

Dormiria pouco,sonharia mais, pois sei que a cada minuto que fechamos os olhos, perdemos sessenta segundos de luz.
Não deixaria passar um só dia sem dizer às gentes- te amo, te amo. Convenceria cada mulher e cada homem que são os meus favoritos e viveria enamorado do amor. Aos homens, lhes provaria como estão enganados ao pensar que deixam de se apaixonar quando envelhecem, sem saber que envelhecem quando deixam de se apaixonar.
A uma criança,lhe daria asas,mas deixaria que aprendesse a voar sozinha. Aos velhos ensinaria que a morte não chega com a velhice, mas com o esquecimento.
Aprendí que quando um recém-nascido aperta com sua pequena mão pela primeira vez o dedo do pai, o tem prisioneiro para sempre.
Aprendí que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se.
GABRIEL GARCIA MARQUEZ

Eu também «aprendi» com ele e, subscrevo tudo que ele diz.
Uma homenagem no dia do seu aniversário.

Tem graça, a minha imagem também é uma borboleta.

Avusa disse...

Conforme a mensagem do texto, desejo-te apenas o suficiente.
Suficiente Sol para que te sintas radiante.
Suficiente chuva para que dês valor ao Sol.

sa.ra disse...

Olá Bono Poetry,
Sobre deus e e suas minifestações... e se deus fosse como a poesia que tens dentro de ti... não manifesta, ela precisa que a descareges no papel, na página do teu blog para que se manifeste.
E se TU fores uma manifestação de Deus, uma forma vísivel e palpável de deus se revelar, materializar!
Deus manifesta-se, materializa-se em tudo o que É... Não acredito num deus fora de mim, distante...
Deus fez-se Homem, cabe ao Homem reconhecer-se divino e religar-se à sua essência!

beijinho
dia muito feliz

sa.ra disse...

Olá Lara,

:)
obrigada pela visita!
beijinho
dia mt feliz

sa.ra disse...

misterious_spirit,

Gosto muito do que escreves, dessa forma de ser, de ver, de sentir!

:)

beijinho
dia muito feliz

sa.ra disse...

Olá Conceição Bernardino,

Obrigada pela visita! seja muito benvida!

O poema que me trouxe está carregado do pesar diante da inabilidade para a vida, para a liberdade, para a felicidade!

A cegueira que impede os homens de verem o caminho...
É preciso abrir os olhos e despertar!

obrigada pela sua visita!
beijinho
dia muito feliz!

sa.ra disse...

Olá Tarina!

Tem um dia muito feliz!
beijinho para ti menina bonita!

sa.ra disse...

Kalinka,

Que belo pedaço de Garcia Marquez trouxeste para aqui!
Longa vida para ele!

Como tu, subescrevo cada palavra!
:)

beijinho
Tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

obrigada Avusa,

ainda não fui ao teu lugar, mas consigo adivinhar o que tens por lá!!!

:)

intuição!

:)

beijinho
dia muito feliz!

Avusa disse...

sa.ra, ao meu lugar???

Avusa disse...

Tenho um antigo. Um texto que me deliciou quando o li.

http://movesme.blogspot.com/2006/07/desejo-te-o-suficiente.html

Rosa Brava disse...

Um excelente texto de grande reflexão. Gostei muito!!

Um abraço :)

Avusa disse...

http://translate.google.com/translate?u=http%3A%2F%2Fwww.soukha.blogspot.com%2F&langpair=pt%7Cen&hl=en&ie=UTF8

bettips disse...

Sa.ra e a aprendizagem...
Nossas primaveras dançando em círculos, nossas borboletas voando! (adorei o teu comentério, lá, parecias uma criança, Linda!)
Bjinho

greentea disse...

o problema é que hoje se ajudam demais as borboletas a sair do casulo e elas rastejam sem quase nunca chegar a voar!!

beijos para ti e um dia muito feliz.

wicky disse...

é algumas espécies estão de facto a ser superprotegidas, não se lhes permitindo que ganhem asas para voar, daí levarem o resto da vida a rastejar. Rituais Azuis são precisos !!

Tem um BOM DIA!

sa.ra disse...

Greentea,

Não sei se hoje se ajuda de mais... acho até que é o contrário... que estamos a viver um período muito importante, em que as pessoas começam a despertar para a necessidade de buscarem dentro de si as suas respostas.

Sempre houve quem não conseguisse voar... mas acho que esta é uma época especial... é um tempo de trocas, de ligações, de buscas... é um príncipio para aprender a voar, superando as adversidades, olhando para elas de outra forma, procurando respostas a outros níveis, muito mais virados para o interior.

Ajudar os outros a ajudarem-se a si próprios é muito importante! é fundamental! De que vale ter todas as ferramentas se não for para partilhá-las com os outros?

O meu caminho tem sido marcado por encontros com pessoas que me ensinaram muito... mas por mais generosas que fossem, a minha vida, como a de cada um de nós, só pode ser vivida por nós próprios... assim como todas as lições e experiências são individuais, únicamente dirigidas a nós próprios... as nossas escolhas são os passos que damos e o rumo que tomamos ... de certa maneira quem está preso ao chão, muitas vezes não quer de facto ajuda, quer apenas consolo, e venha quem vier, essa pessoa ainda não escolheu ajudar-se a si própria.

A vida é uma aventura pessoal. Ajudar ou deixa-se ajudar são escolhas. Como o fazemos é que nos dá ou não condições para voar!

Sou optimista! Mesmo os que permanecem no chão, os que rastejam fazem parte do nosso caminho... ajudar os outros é uma forma de nos ajudar a nós próprios, a aprender!

Nunca se ajuda de mais. Penso que pode ajudar-se de forma errada. É preciso um espírito vigilante e muito presente para aceitar as nossas limitações e as dos outros.

Beijinho
Dia muito feliz!

sa.ra disse...

Wicky,

São experiências, lições - ser superprotegido ou superprotector tem que ver, acho, com o Karma de cada um e com a aprendizagem pessoal.
Não estão assim à toa... nem de propósito! Ninguém está mal porque gosta, ninguém se arrasta porque acha mais agradável - ou não sabe ou ainda não percebeu o que essa circunstância e experiência quer mostrar-lhe, o que lhe quer transmitir e ensinar!

São processos de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal complexos, forrados por camadas e camadas de ruído... com uma densidade que impedem a pessoa de ver, de dar-se conta... às vezes é preciso cair muito e muitas vezes... algumas pessoas resistem, negam, fogem tanto de si próprias (é normal)... e outras vezes são processos tão subtis, não é?

Aquilo que fazes no teu blogue é sem dúvida uma forma de ajudar o outro a despertar. Dás pistas... apresentas oportunidades de reflexão, de busca pessoal... e isso é um gesto muito generoso!
Por mim, obrigada!
:)

Beijinho
Dia muito feliz

sa.ra disse...

Um beijo a todas as mulheres que por aqui passam e a todos os homens também!

Que seja Dia da mulher, Dia de Todos ... sem ambos não haveria nada para celebrar!

Rosa Brava,
Obrigada pela visita!

Dia muito feliz a todos!

Avusa disse...

parabés sa.ra!!!!!

avelana disse...

deixemos voar quem tem de voar e demos a mão a quem rasteja, destapemos o véu ou a burka de quem ainda a usa, gritemos com as que sofrem a mutilação genital, lutando para que acabem estes bárbaros costumes, morte por apedrejamento incluida...
O grito de alerta nunca é demais contra a descriminação, o sofrimento, a violencia (mesmo que isso seja Karma, devemos pactuar com isso ?)

um beijo para ti

Isabel José António disse...

Querida Amiga Sa.ra,

Mais outra lança cravada em África. Consegui "furar" o sistema e eis-me aqui a comentar o texto (já conhecido) com o qual fizeste o post.

Ele é elucidativo de quão necessários são os esforços para que os seres atinjam a sua plenitude. Os esforços sobre si mesmos, no caso dos humanos, são ainda mais essenciais.

Mas os diversos medos, que não são mais que fantasmas avulsos e apenas inoportunos, vão toldando o raciocínio da humanidade e pensa-se que não fazer esforço nenhum é que é bom.

"Ah! Deixa lá. A mãe faz". "O paizinho ajuda", são expressões costumeiras e quem as produz não se compreende que são as dificuldades que obrigam o homem a evoluir. Já dizia o poeta: "A necessidade aguça o engenho".

E ficamos todos à espera que alguém (não se sabe exactamente quem) faça algo para resolver as questões, com as quais não temos nada a ver. E como temo tudo a ver com tudo, chegamos a estas crimes contra a humanidade da poluição, que dá lugar às alterações climáticas e que por sua vez, irão apressar o final da Terra ou a não existência de condições para que a vida humana seja possível.

Há que começar por cada um. Não ser despótico, mas obrigar os filhos (quem é educador e/ou pai, etc) a fazerem por si. Arrostam com uns choros e coisa e tal, é bom que chorem para oxigenar os pulmões. Se não as lágrimas serão muito mais duras e por motivos bem piores.

Um grande abraço e parabéns.

José António

Betty Branco Martins disse...

Querida Sa.Ra

A minha mensagem escrita “à minha maneira”______nos sentires que eu traduzo_________na palavra.


Um grito selvagem________a mulher cantou
deliciou e não assustou a vasta plateia________que a admirou
nas mãos________cordas de nós feitos______escondidos
e falsos sorrisos_________aplaudiram

tenha o peito cingido por uma écharpe de seda
todo o seu corpo estava preso nas malhas ______de um belo vestido
bem medido.cuidado.civilizado
bailava a plena liberdade _________ em seus olhos
o que as malhas não tinham força para prender
e se soltou das grades_______________a voz


FELIZ DIA! QUE TODOS OS DIAS SEJAM DIAS DA MULHER!

Beijo com muito carinho

david santos disse...

Dia feliz MULHER!

Jardineira aprendiz disse...

Vou tentar lembrar isto da próxima vez que resmungar!
;)
Beijinhos

mitro disse...

Pois é...
Talvez tudo isso seja necessário, mas será suficiente?

Liliana disse...

...endurance...