20 julho, 2007

Imaginação com Valor

e o valor da imaginação



Do schools today kill creativity? (Ken Robinson, TEDTalks)

O sistema de ensino actual está a matar a criatividade?

via o último metro que chegou à última estação... desejo-te novas boas viagens!

23 comentários:

oceanus disse...

A criatividade necessita de portas abertas e janelas arejadas , liberdade de movimentos, de ideias frescas e principalmente de um céu azul ....(e um mar estrelado)... ;)

um bom fim de semana!

beijinhos do fundo do Oceanus

Agharti disse...

O sistema de ensino actual está a matar a criatividade?

Sem dúvida o tempo do big brother aproxima-se.

666 é a grande batalha dos guerreiros de "Shambhala"
(Não ligues esta foi a brincar)
Beijo.
Bom fim de semana.

naoseiquenome usar disse...

Parece, sim, parece.
Mas cada um de nós contribui para que isso aconteça, não apenas o sistema de ensino.
Temos que fazer um esforço para contrariar a tendência.

Um beijo.

Jardineira aprendiz disse...

Eu diria que já há muito tempo... (desde o tempo em que passámos por lá)

Claro que há sempre oportunidades de furar o sistema, e isso depende das pessoas e não do sistema.

(Ainda não foi desta que vi o filme, mas vou voltar!)

Beijinho

bettips disse...

Mea culpa por passar menos, e saudades de te ler voando! Bjinho

a.i. disse...

oh...god. não sabia, nem me passava pela cabeça que o pedro pudesse ter um blog. e eu que tenho desperdiçado meu tempo com gente que me dá má música. fui lá. mas na estação já só sombras sobram, nenhuma presença física vive. melhor assim. os fantasmas são bons companheiros. e a boa música, essa, é eterna.

(hoje estou "merdamente" nostálgico...)

a.i. disse...

ah!...desculpa, esqueci-me do mais importante:

-olá!

Hanah disse...

Ele fala muito rápido, meu ingles tá precisando de revisão...(rs)

Mais acredito que a escola matam constantemente a criatividade...
Pois infelizmente os professores também não a praticam...


Querida, passei aqui também, porque deixe um desafio lá no blog cOMo 1 objeto...


Bjim e um semana iluminada para ti

Papoila Sonhadora disse...

Ola Sara vim deixar-te um bj de encanto.
Creio que chegou o momento da formaçao, para la da simples e redutora epoca da informaçao. Urge ensinar a Sentir, andara a emoçao presa nalguma teia da vida? Neste momento a sociedade avida de Sentimentos, de formaçao pessoal, carece de outros alimentos para la do pao. Pao e Rosas, porque a Alma tambem nutre, tambem carece de nutriçao! Sim, falta muita criatividade,
Bj
Papoila Sonhadora,

sa.ra disse...

Olá papoila sonhadora,

tens toda a razão.
o cérebro, a razão, o racionalismo, a técnica, a funcionalidade tornaram-se os objectos e objectivos primordiais do ensino, orientado para a eficiência e para a operação mecânica. Normalizou o padrão e criou imensa frustração.

na margem, esquecida e desvalorizda, ficou o a aprendizagem dos afectos, emoções, imaginação, criatividade, ética, valores...

julgo que o processo em si é "normal"... teve os seus contributos positivos, emancipou o homem e permitiu superar modos de pensamento ortodoxos e arcaicos.

O dogma da ciência sustitui os dogmas religiosos.

A escola e a sociedade dedicaram-se a criar seres humanos de sucesso, competentes tecnicamente, mas esqueceu que o melhor engenheiro do mundo pode um ser humano incompetente se usar os seus conhecimentos para corroer tudo o que toca.

a inovação e a tecnologia conduziram-nos a uma modo de pensamanto mecanicista, desprovido de alma... porque não é preciso alma para executar tarefas estruturadas.

mas sempre houve arte, artistas, pensadores, filósofos e outros...

é tempo de fazer a síntese e de integrar os vários planos, esferas de competências e talentos!

:)

beijinho
tem um dia muito feliz!

as velas ardem ate ao fim disse...

Sinceramete penso que sim.A criatividade está a ser "controlada".

bjinhos

sa.ra disse...

Hanah,

É pena que não consigas acompanhar o discurso.

É muito interessante, pertinente e revela que o meio académico está a criar bolsas, brechas de abordagem que concebem novas formas de ensino.
Tudo começa qui, quando alguém começa a falar e a ser ouvido!

beijo
tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

velas que ardem até ao fim,

sem dúvida está condicionada!
depende de nós, enquanto cidadãos, pais, educadores promover a criatividade de dar-lhe o espaço que ela merece!

beijinho
tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

a.i.

olá!
parece que chegaste no memento da chegada à ultima paragem.
mas o percuso, as memórias, imagens estão lá!

podes fazer uma viagem do fim para o príncipio!

beijo
temmum dia muito feliz!

sa.ra disse...

bettips,

sem culpa!

beijinho
dia muito feliz!

sa.ra disse...

Jardineira aprendiz,

tenho a certeza que vais gostar do filme!

mas dizer que é a apenas a escola e o sistema de ensino, é redutor!
a sociedade acalanta e tem nutrido este sistema...
cabe a todos contribuir para a mudança... (acredito no tráfico de pólen)

beijinho
(adoro essa flor amarela)
tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

agharti,


os guerreiros de Shambhala estão a germinar!
:)

o reino ergue-se lentamente!

beijo
Temmum dia muito feliz

sa.ra disse...

naoseiquenome usar,

que bom receber a sua visita!

concordo
o sistema de ensino não é um bloco impermeável... se somos coniventes, somos também parte do sistema, seja do ensino ou de outro sector qq... afinal, estão todos ligados e são interdependentes.
ser do contra de pouco vale.
acho mais contrutivo agir em favor da criatividade e da imaginação, promovendo o seu exercício!

beijinho
dia muito feliz!

sa.ra disse...

oceanus,

sem dúvida!


:)

beijinho

bettips disse...

Mais, muitos mais sorrisos precisos. Como o teu e a troupe. Beijinhos. Andarei uns dias respirando o teu ar, aí. Ah que um dia, um dia, nós e a lua!

sofialisboa disse...

vim aqui por meio de outra pessoa q tem um nome estranho e sabes que mais?
gostei muito e irei voltar. quanto á criatividade ser aniquilada pela escola, pois eu como mãe não estou minimamente preocupada com isso, pois a criatividade dou-a eu ás minhas filhas desde que nasceram e acredita que a tem bastante. isso de hoje em dia acharem que é a escola que educa os nossos filhos em tudo é uma coisa que eu não acredito, claro que ensinam muita coisa, mas a base é dada pelos pais, esses sim é que devem educar em vez de se descartarem desse compromisso. sofialisboa

sa.ra disse...

sofialisboa,

obrigada pela visita!
Concordo inteiramante consigo.
somos nós, pais, mães e cidadãos quem deve estimular e cultivar a criatividade, a imaginação e o sonho antes de mais.

Mas a escola (produto de cada tempo) é também um produto da nossa "escolha" enquanto sociedade.
Em casa, na rua ou seja onde for, não temos de remar contra a maré da tecnocracia e do racionalismo estéril... o sistema é o reflexo das nossas aspirações (mas também medos).

Não acredito que, fazer oposição ao sistema seja o caminho. Mas acredito que se, se favorecermos esta reflexão e a pusermos em prática (inclusive na forma como olhamos os resultados escolares dos nossos filhos) estaremos a contribuir para a transformação progressiva deste sistema.

Não são apenas os pais os únicos formadores do indivíduo... a escola e a sociedade também, e muito.

Sociedade somos todos e cada um, sejamos nós pais, tios, amigos, professores, ou outra coisa qualquer.

É o modo de pensamento vigente que constrói a norma... e a norma nunca é fixa!

Podemos mudá-la gradualmente!

beijinho
Dia muito feliz!

Filipe Oliveira disse...

Não será ao contrário?
Andamos é todos a sonhar com promessas.
Bja