27 abril, 2006

prece



Que eu caminhe sobre as águas celestes,
Que eu honre o brilho do sol,
Como luz do meu Olho...
Eu sou o Grande Deus,
Vindo à existência por si mesmo,
Eu componho os meus nomes,
Ontem pertence-me,
Eu conheço o amanhã,
Eu sou a Fénix,
Não há impureza em mim,
Eu conheço o caminho,
Eu vou para a ilha dos justos,
Eu chego ao país de luz,
Eu reconstituo o Olho,
Eu vejo a luz...
Eu sou um desses espíritos
Que habitam a Luz,
Que o próprio Áton criou,
Que vieram à existência,
Da raiz do seu Olho.
Eu sou uma dessas serpentes
Que criou o Olho do Mestre Único.
Eu crio o Verbo,
Eu resido no meu Olho.

Livro dos Mortos, cap. 64, 17, 78.

32 comentários:

aprendiz de viajante disse...

Se para eu ser isso tudo tenho de morrer, prefiro ser o contário e continuar a viver.

Desculpa a minha ausência no teu blog, mas tenho muita dificuldade em encontrar tempo para navegar.

Obrigada pelos teus sempre simpáticos comentários.

Um bjo

Tetracloro disse...

Eu sou Hórus, o grande falcão.
O meu lugar está longe do de Seth, inimigo de meu pai Osíris.
Atingi os caminhos da eternidade e da luz.
Levanto voo graças ao meu impulso.
Nenhum deus pode realizar aquilo que eu realizei.
Em breve partirei em guerra contra o inimigo de meu pai Osíris, calcá-lo-ei sob as minhas sandálias com o nome de Furioso...
Porque eu sou Hórus, cujo lugar está longe dos deuses e dos homens.
Sou Hórus, o filho de Ísis.

Beijinho.

Jardineira aprendiz disse...

Agora lembrei-me daquele verso '...quando já nada em ti houver que seja humano...'.
Isto é um comentário à 'velho do restelo' não é?
Beijos

sa.ra disse...

Bom dia!

Tetra!
andas a ler os papiros!!!!!!
que lindo!
é isso mesmo! é isso mesmo!

Beijinhos!
dia feliz!

sa.ra disse...

Jardineira!

olha, comecei a escrever uma resposta ao teu comment, que acabaria por responder também à Wicca, mas é já um post!

será um post!
... e sim, de certa foram é isso: quando já nada em ti houver que seja humano

e não, não é uma afirmação à velho do restelo!

vou tenta fazer um post... o mais simples possível... se é que é possível ser simples quando se fala de símbolos... é tão rico e tão completo que ficaria horas... horas ... horas a falar sobre eles!

beijinhos!
um dia muito feliz!

sa.ra disse...

(resolvi não fazer um post... não posso fazê-lo agora, nem da forma como acho a mais correcta e exacta)

O Tetra, como era previsível continuou a prece ... e acrescentou-a com uma precisão que não escapa àquela descrita nos papiros... aliás, as palavras do Tetra são retiradas dos Textos!

O Livro dos Mortos é uma tradução infeliz, e vários autores e egiptólogos concordam e sublinham que a tradução mais correcta seria "Livro de Trazer à Luz (ou à vida)".

Para o Egípcios a grande aventura e a grande paixão não era a morte, mas a vida.

Esta prece alude à Visão, simbolizada pelo olho que é restaurado, como o próprio ser se resgata e restaura depois do embate e confronto com os seu prórios inimigos (os interiores)... e quando vence,ao superar-se, renasce. Se renasce, vem à existência por sim mesmo... e com ele tratá uma nova visão... sob uma nova luz... está purificado, pois purgou os seus próprios venenos inteiores e desse modo reconstitui a sua visão e falará, expressará outra realidade através da Palavra!

nada disto é morte... tudo isto é VIDA!

bjs!bjs!

Jardineira aprendiz disse...

Pensei que me ias puxar as orelhas!
Olha passei só para desejar bom fim de semana, no fim de semana procuro sobre o documentário!
Beijinhos

greentea disse...

bjs
3ª feira já aí estou e falamos melhor
de tudo
com mais calma
que o espaço hoje está muito barulhento

eveonclouds disse...

Bem vinda ao livro dos vivos, ser de alegria1
Gostei. Bom trabalho! beijo

sa.ra disse...

Jardineira Aprendiz!

Bom fim-de-semana para ti!!!!
(puxar as orelhas?! eu??? porquê?... eheheheh)

fica bem!
bom descanso!

sa.ra disse...

Eve!!!!
Não achas uma maldade que tenhamos que escrever "livro dos mortos" apenas para precisar a bibliografia conforma consta nos autos?

não era tempo já de corrigir-se a tradução para que o "nome" fosse usado com propriedade e não induzisse em falsas interpretações?

Livro de trazer à luz, à vida!
Livro dos Vivos, isso sim!!!!!!

beijinhos!
tem um bom fim-de-semana!

sa.ra disse...

Greentea!

até terça e até lá dias felizes!!!
beijinhos!

Ruth Iara disse...

Querida!
Como sempre que venho neste blog sinto que estou exercitando e trabalhando de alguma forma a espiritualidade e felizmente existem algumas pessoas como você que ajudam nisso.
A oração foi feita com muita atenção e cuidado e não importa qual o sotaque com o qual o nosso criador é lembrado e acionado: Ele é sempre o mesmo e é Um. Vemos que vários povos o conhecem e podemos compreender a vários idiomas se soubermos um único: a linguagem do Amor, nossa razão de ser.
Também li o post abaixo e vou procurar alcançar este estado búdico mencionado com sempre mais freqüência, sendo que enviei um e-mail sobre este post a uma pessoa que irá apreciar muito.

Beijos!
Um fim de semana maravilhoso para você! Estejamos sempre unidas por laços espirituais e sutis!

HatA/mãe disse...

Bom fim de semana
sa.ra,
Eu acabo renascer, mais uma vez morri.
Beijinhos

raquel disse...

menina sa.ra, tem um convite para levantar ali ao lado, entre raios e coriscos;)
vou tomar um ben-u-ron e ver se aproveito o fds para diminuir a velocidade...
votos de um excelente fds!

Micaeerton disse...

Estas palavras, e mais que as palavras, a escolha das palavras, iluminaram este final de sexta-feira.
Obrigado.

Isabel José António disse...

Caríssima Sa.ra

O terceiro olho de que aqui se fala, é o mesmo dos gigantes ciclopes da Odisseia de Ulisses.

Poderemos chamá-lo de intuição... Intuição? Mas o que é isso de intuição?, também se poderá perguntar.

E poderíamos responder (não esgotanto o tema) como a faculdade mental que proporciona ao seu possuidor a visão do que está a acontecer sem que este fisicamente esteja no local desse acontecimento. Ou ainda o sexto sentido.

Cada vez mais há gente com essas capacidades.

Até aqui só os videntes, os clarividentes e outros elevados seres a tinham desenvolvido (porque todos os seres humanos possuem essa capacidade). Uns tinham-na e têm-na desenvolvida. Outros de tanta ignorância e tão pouco uso, têm-na já atrofiada. Não veem, não querem ver e têm raiva a quem quer ver, e ...

No entanto toda a humanidade, uns mais à frente outros mais atrás, caminha no sentido da aquisição plena dessa faculdade. Veja-se o caso das crianças indigo.

Bom mas já vai longa esta disertação.

Venho desejar-te um bom fim de semana. Muita alegria e paz interiores.

Beijinhos

José António

Jardineira aprendiz disse...

Puxar as orelhas porque este comentário pressupõe que o objectivo da prece seja muito difícil para nós, simples e limitados humanos. E isso pode implicar a atitude negativa de baixar os braços e não tentar, que merece um puxão de orelhas. É o que eu faço quando as outras pessoas têm essa atitude negativa perante as dificuldades. (No entanto quando as dificuldades são minhas, às vezes é o 'bem prega frei Tomás'!)
:)
Beijos

125_azul disse...

Oremos. E que a alma fique em paz.
Feliz feriado

as velas ardem ate ao fim disse...

Simplesmente gostei não me perguntes porque.bjos

Era uma vez um Girassol disse...

Muito interessante...
Tanta capacidade por desenvolver...tanto para acreditar!
Bjinho

Maria Costa disse...

Está tudo dito, aqui...

Obrigada.

Beijinhos.

Ruth Iara disse...

Oi, querida!
Foste convidada para campanha contra a fome. Vide Campanhas no muito fofo.

Bom soninho!
Tudo de bom!

sa.ra disse...

José António,

essa capacidade, diria é a consciênca desperta - o coração desperto, sede da consciência consciente, como reconheceu a tradição egipcia...

acho que todos temos essa capacidade... mas como diz Osho, estar desperto, é bem diferente de estar acordado!

concordo, a humanidade "desperta", um de cada vez! o caminho é individual!
obrigada pela dissertação! a tua a leitura é sempre enriquecedora!sempre!reforça!



beijinhos!
tem um dia muito feliz meu amigo!

sa.ra disse...

Ruth!

obrigada pelo convite!
beijinhos!
um dia muito feliz!

sa.ra disse...

Maria do Céu!
uma inspiração, uma expiração e um fluxo de silêncio... e é quanto baste!


um grande beijo
tenha um dia muito deliz!

sa.ra disse...

Olá Girassol!

Tanto para (re)lembrar minha querida! tanto!

beijinhos!
tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

Velas que ardem até ao fim,

Não pergunto!
não é preciso!
:)


beijocas
tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

125-azul

Assim seja!
:)

beijinhos!
tem um dia muito feliz!

sa.ra disse...

Jardineira Aprendiz!

percebi!
mas não há porquê!!!!
eu acredito em TI! eu acredito sabedoria em Ti! todas as dúvidas são necessárias!
quem não tem dúvidas, está cheio de certezas e quem está cheio de certezas, está fechado!
Eu, pessolamente, adoro ter dúvidas... quando não tenho, desconfio muito de mim!

beijinhos!

um dia muito feliz!

sa.ra disse...

Micaeerton,

fico feliz, pois através de ti, já recebi o mesmo!

beijinho!
um dia muito feliz!

sa.ra disse...

Olá Raquel!

obrigada pelo convite!
(espero que o ben-u-ron tenha resultado e o fds tenha sido proveitoso para descansar!)

beijinhos!
um dia muito feliz!