19 fevereiro, 2007

outro carnaval



Cada rosto é uma máscara.
Cada forma é uma máscara.
Para além da forma, para além dos rostos

(e máscaras) reside o genuíno,
o incorruptível e eterno.
A máscara da forma (de cada forma)

coloca-nos no palco da vida...
Dancemos a dança da liberdade!

8 comentários:

Hanah disse...

Olá amiga,

Brigada pela partilha !!!

Bom dia todos os dias !!!

cris disse...

E não há melhor que deixar cair as máscaras e simplesmente sermos. E partilharmos as nossas mais profundas essências...

Um dia radiante para ti! *

veritas disse...

Dançá-la-ei, sem dúvida...é a história da minha vida.

Bjs.Boa semana.

Jardineira aprendiz disse...

...tirando as máscaras pesadas, colcando as de papel colorido, enquanto não conseguirmos aquelas, límpidas, do fim do teu outro post!
Beijinho!
Boas danças!

Betty Branco Martins disse...

Que a dança continue______________pois os deuses amam a veneração através dela e passaram para o homem o ritual de venerar a vida através da dança______________dancemos

Beijinhos

o alquimista disse...

Um palhaço que não ri
A mentira escondida
Uma boneca de trapos
Numa viela perdida

Algures no firmamento
Existe uma alva estrela
Que te dá a luz da vida
Que te cobre de beleza


Alegre carnaval


Doce beijo

Papoila disse...

Ola venho dar-te um bjinho de boas noites,

wicky disse...

dancemos sim, retirando a máscara, libertando a energia negativa, o ressentimento, o perdão, o sorriso, a vidaverde...
Abraça uma árvore e sente a diferença! Um beijo