17 março, 2006

ser meditativo


"Abandonai pois a mente que imagina alvos
E, sem nada conceber, permanecei sem corrigir nem alterar o que se manifesta.
Sem distinguir o sujeito do objecto, ficai na grande liberdade natural"
Longchenpa (1308-1363)

16 comentários:

Desambientado disse...

Parece simples, mas a prática demonstra-nos rapidamente, o quão complexa é essa actividade.

sa.ra disse...

Um bocado "Desambientado", sobretudo no começo... mas é como observar as nuvens e deixá-las ir... deixá-las correr o céu da mente; deixar os pensamentos passar, as ideias, os sentimentos... não agarrar nenhum... não julgar nenhum... deixá-los fluir e testemunhar apenas a corrente. Entre um pensamento e outro há, verifica-se, um off, o vazio entre frames, a Pausa... e, aos poucos, permanece-se, aí, no vazio... onde tudo é e nada é!
Beijos
Bom fim-de-semana
(ouvi dizer que vem para cá, para o continente, uma tempestade... que venha a chuva para regar a esta terra!)

Jardineira aprendiz disse...

Eu concordo com o Desambientado, se calhar depende das pessoas e também das ocasiões. Para mim raramente funciona bem, a maior parte das vezes tenho tendência a adormecer!

Houve uma altura da vida que passei alguns meses sem televisão, sem rádio, numa zona rural longe do buliço. Nessa altura era muito mais fácil. Mas como não se pode viver sempre assim, pelo menos para a maioria das pessoas, temos que conciliar!
Bom fim de semana!

Jorge Moreira disse...

Belo método de Meditação!
Beijinhos e bom fim de semana

Maria Costa disse...

"Abandonai pois a mente que imagina alvos", e o momento acontece aí.

Um óptimo fim de semana.
Beijinho.

TMara disse...

o momento em k podemos ligar-nos. O aprendizado desse ser k está em sintonia com o divino. Não conhecia esta tua casa. Voltarei.
Bjs. luz e paz em teu caminhar.

TMara disse...

o momento em k podemos ligar-nos. O aprendizado desse ser (nós-unos) k está em sintonia com o divino. Não conhecia esta tua casa. Voltarei.
Bjs. luz e paz em teu caminhar.

TMara disse...

o momento em k podemos ligar-nos. O aprendizado desse ser (nós-unos) k está em sintonia com o divino. Não conhecia esta tua casa. Voltarei.
Bjs. luz e paz em teu caminhar.

HatA/mãe disse...

vemo-nos em breve ;)?
O teu cantinho fez-me passar aqui bons momentos de paz
Um abraço

greentea disse...

liberdade de pensar de ser de criar
de amar

deixa a mente liberta
sim

Bjs
com chuva muita
e trovões
que os ouço lá fora

maat disse...

assim é, SA.RA.

beijinhos.


***maat

Micaeerton disse...

Ir á Terra dos Sonhos é ainda permanecer na Realidade.

sa.ra disse...

é mesmo micaeerton... que da irrealidade se alimenta o ego, tantas vezes usurpador do Eu que reclama sair à luz e esqueceu o caminho...
beijo

sa.ra disse...

olá Jardineira Aprendiz!
às vezes também adormeço! não faz mal! desperta-se o sonho e a consciância labora numa outra frquência, sem a intevenção,tantas vezes, pertubadora da mente racional.
meditar é um exercício nem sempre fácil... mas continuo a achar mais fácil colocar o fluxo interior em sintonia que manter uns abdominais firmes... e não exige tanto esforço, nem tanto tempo!
bj

Jardineira aprendiz disse...

É verdade, não é nada fácil, acho mesmo que os abdominais são mais fáceis! :)

Acho o lugar onde se pratica e a pessoa que orienta têm uma grande influência. Eu tenho praticado ioga em ginásios ou lugares semelhantes e não são muito propícios.
Tem uma Primavera feliz!
jinhos!

sa.ra disse...

Ehhehehehhe!
Pois é Jardineira, não é assim tão fácil.
A primeira vez que tentei meditar foi há cerca de 8 ou 9 anos.
Aprendi a técnica que ainda hoje é a "minha" técnica-base num livro -"o reino perdido de Shambala"...
Há cerca de 2 anos voltei a praticar com maior assiduidade e, hoje, é uma prática quase diária. às vezes a mente está tão cheia, com um tráfego tão intenso de pensamantos que se torna difícil. mas, o segredo é a respiração. hoje fiz a minha viagem até ao trabalho (de comboio, como sempre) a meditar. é uma questão de treino, como fortalecer os abdominais... que confesso me parecem muito mais difíceis de trabalhar!
beijos!
um dia feliz!