31 março, 2006

investigação

roseiral
Agradeço às rosas e à senhora que me as vendeu, na estrada do Cabo da Roca.



Inquérito
A verdade investiga-se até às últimas consequências
As últimas consequências são as primeiras de outras
Todas as consequências da verdade são libertadores
A libertação traz leveza
A leveza é as nossas asas
Voar é possível a todos os corpos, mesmo aos mais pesados
Voar é acreditar no sonho
O sonho é o caminho
O fim não existe
Acreditas?


“Sê honesto contigo próprio, e daí seguir-se-á tão seguramente como a noite se segue ao dia, que não poderás ser falso para com os outros.”
William Shakespeare, Hamlet



38 comentários:

greentea disse...

DEVE SER ESSE SENTIMENTO DE LIBERDADE

A "SUSTENTÁVEL" LEVEZA DO SER ...

E NO FIM ESTÁ O CEU

AS ESTRELAS

O UNIVERSO INFINDÁVEL

BEIJOS ESTRELADOS...

greentea disse...

COM QUE ENTÃO ANDASTE PELO CABO DA ROCA ...uhmmmm!....E A COMPRAR FLORES...

Jardineira aprendiz disse...

'A fé é apenas Atenção' Gostei muito! Quando se anda sempre a correr agente distrai-se. E olha, agora vou a correr outra vez embora, mas prometo que mais tarde vou ler o teu inquérito com atenção. Beijinhos e bom fim de semana!

sa.ra disse...

Ehehehhehe!
Sim fomos ao Cabo da Roca...
uma aventura, descer a pé até à praia da Ursa... e as crianças, encantadas a dizer: "oh mãe, quero uma casa com um quintal assim!"

Foi um belo dia!
e ainda plantámos 7 pinheiros mansos e uma figueira!

Na estrada, ao fim-se-semana estão os vendedores com as suas bancas... compro numa senhora que está sempre sózinha!
Tão simpática... e nora faz uma compotas... hummmmm!
desta fez trouxe doce de abóbora... e um molho de rosas vermelhas! um prodígio de Rosas!
Amei! vi maravilhas naquelas rosas!

beijos-estrelados-levemente sustentados-pela-infinitude-do-céu!

sa.ra disse...

beijinhos formiguinha jardineira aprendiz!

um beijo para ti, quando voltares!
:)

Anónimo disse...

Com que então pelo Cabo da Roca e nem uma apitadela. Olha...amuei
:-)))
O sonho, o sonho... boa. gostei!
Tá milhó?
Isabelua

jorgesteves disse...

O sonho é uma inerência à condição humana. E nisso estão de acordo psicólogos e poetas: o Homem, quando sonha, liberta o espírito do casulo da Realidade. E isso é vital!
jorgesteves
http://www.contextualidades.blogspot.com/

sa.ra disse...

ehehheheheh!
olá Isabelua!
Eu sabia que ías gostar!
mas depois meto-me nisso mais a fundo... nos sonhos!

atão, amiga... não te disse que ía plantar árvores!

ehhehehee!

tenho uma proposta para te fazer... mas segue por outra via... ou corro o risco de me dares uma traulitada!
ehehehhe!
beijos!

sa.ra disse...

Ou, Jorge, liberta o espiríto do casulo da irrealidade e navega livre pela (e ao encontro da) consciência pura!

a mente (acordada) é (pode ser/tende a ser) um posto de censura, muitas vezes implacável!

Sonhar é um exercício de liberdade!
A liberdade é o primeiro de todos os valores!
Ser-se um sonhador não é um previlégio... é uma escolha consciente, da consciência que é livre-leve-em-sintonia-com-a-verdade-pura-que-brota-do-coração!

beijinhos e bom fim-de-semana!
:)

eveonclouds disse...

Tão seguramente como a noite se segue ao dia, a verdade liberta e a mentira aprisiona. "Muitas mulheres têm dentro de si um muro de medo que se ergue quando ousam revelar a sua verdade" (Christiane Northrup in Corpo de Mulher, Sabedoria de Mulher).
Por estas e por outras, já que estamos "linkadas" como bloguers e como mulheres, o meu post de hoje também é teu, por continuidade absoluta!

sa.ra disse...

Obrigada Eveonclouds (ai, este nome é tão giro!!!)

Por continuidade absoluta continuemos a ligar e a erguer a (nossa)verdade e o (nosso) destemor!

beijos, beijos!

Ver disse...

Obrigada pelo link e pela dica lá no meu lado.
Voltarei mais vezes

Jardineira aprendiz disse...

Olá outra vez Sa.ra vinha responder ao teu inquérito e quando li com mais atenção vi que já tinha respondido num comentário anterior! Pois, formiguinha :) - correu tanto que está a ficar de molho com gripe - a natureza é sábia, se nós não paramos ela obriga-nos a parar.

Bom fim de semana, e bons passeios!

Tetracloro disse...

Cara Sa.ra, companheira de reencarnações egípcias, o Olho de Hórus que está em todo o lado e não está em lado nenhum e que vê tudo sendo cego, também está a ver-te. Beijinho.

Tetracloro disse...

PS : Não fosse eu, o filho de Osíris e de Ísis.
"Porque eu sou Hórus, cujo lugar está longe dos deuses e dos homens. "

Isabel José António disse...

E que mais real haverá que o infinito
O tal que nada tem e tem tudo o que há?
Ou será que oiço o meu eterno grito
Que ecoa em todo lado mesmo o lado de lá?

Parabéns pelo blog

Voltarei mais vezes.

José António

Isabel José António disse...

Talvez eu consiga tentar o que são "paralayas" e "manvantaras", pode ser?

Dizem os cientistas, na teoria do "Big Bang", que toda a energia extistente no universo estava contida num úncio ponto (quase o mesmo princípio da bomba atómica que num átomo contem a força destruidora que se conhece devido à força da contração). A partir duma explosão enorme (Big Bang) toda a energia se expante e ainda está em expansão, dando lugar a tudo o que existe.

Os místicos orientais afirmam o mesmo. Num período de quietude e tudo unificado pode ser representado como uma pausa para descanso. Essa pausa é o "paralaya". Quando toda a energia se expande será o "manvantara".

Parece que o universo inteiro "respira" (expande-se e contrai-se como os nossos pulmões). Apenas a nossa respiração (inspiração e expiração) demoram uns segundos. Quando se trata do Universo inteiro levará biliões de anos.

Esses termos que o Jorge Moreira utilizou são orientais e querem dizer pausa e manifestação, embora possam ter também outros significados. Procurei apenas não ligar o "complicómetro", OK?

Beijinhos

José António

Nekynho disse...

Moral da Historia: quando deixa de se ver alguém no metro o melhor é levantar cedo ao domingo lol
Bom fim de semana :o)

aprendiz de viajante disse...

Acredito que quem sonha não conhece fronteiras...
Bonito... o texto e as imagens!!!

Bom Domingo

Maria Costa disse...

Sa.Ra, se acredito!

Sublime a Rosa.

Beijinho.

Misterious_Spirit disse...

Oh se acredito!! Isto está fantástico!! Adorei!!
Acho que devemos todos procurar a verdade, sem medos nem condicionamentos, devemos procurá-la pois é para isso que vivemos. Ela irá trazer-nos felicidade através da nossa realização individual e universal :)
Beijinhos!

sa.ra disse...

misterious spirit

gostei do entusiasmo;
sem medos nem condicionamentos, a verdade traz mesmo felicidade!
obigada pela visita!

beijos e obrigada pela visita!
um dia feliz

sa.ra disse...

Eu sabia que a Maria do céu acredita!
Tinha a certeza!
:)
beijos
um dia feliz!

sa.ra disse...

Wicca, tens toda a razão!

quem Sonha não conhece fronteiras!
e não é porque não tenha os pés essentes em chão... tem os pés ligados à Terra, e o coração (leve e livre) ligado ao Céu... não é?! :)

beijos

sa.ra disse...

Nekynho,

Moral da história:
quando deixa de ver-se seja o que for, que é como quem diz, andar às cega... está-se seguramente na "irrealidade"... o irreal é, por outras palvras, a mentira... e, sim, talvez seja bom levantar cedo no domingo e contemplar exemplos de verdade... heróis e heroínas do exercício da verdade. Ex: o mar, a árvore... uma montanha ... A Natureza em todas as suas naturais manifestações são demonstrações inexpugnáveis de como é isso de estar em verdade!
:)

beijos

sa.ra disse...

José António,

:) obrigada! sem complicações ... percebi perfeitamenta... lá na "minha terra" também encontro isso... a pausa e o movimento... o que existe antes de existir... o manifesto e imanifesto... o fluxo e o refluxo... a Sinfonia da Respiração!

O conhecimento é Um... por mais línguas que o homem fale, por mais nomes que dê às coisas... essa diversidade é só um demosntração da riqueza que se desborbra do UM!

... como nos sonhos, aliás!

beijos
um dia muito feliz!

sa.ra disse...

Tetracloro,

:) O Olho é reconstruído por nós... ciclo após ciclo!

"Eu Crio o Verbo/Eu resido no meu Olho"

não digo mais, porque não é preciso! :)

beijos
um dia muito feliz!

greentea disse...

POR AQUI FICAM OS SONHOS SEM FRONTEIRAS...

Mem Gimel disse...

Belo

Natureza disse...

Olá. Vim para dizer que as minhas perguntas "porquê" pra os meus conhecidos, eles não sabem responder, isso quer dizer não é uma amizade verdadeira.
E outro assunto, a vossa vida é mais leve e mais facil (penso eu) pois entendes o que é felicidade e paz mas eu ainda não descobri felicidade e paz mais profundamente, até agora estou estudar o que é ser feliz.
Se nao consigo estudar nem descobrir então deixo as minhas mão que se parem.
Beijos e tenha um bom dia

Natureza disse...

Olá de novo, Vou procurar e comprar esse livro, fica prometido, muito obrigado por me informar.
Beijos.

Jorge Moreira disse...

Sim acredito Amiga.
Não, não acredito... Sei perfeitamente...
Beijinhos,

Tetracloro disse...

Pois é, temos de pegar leve... a vida é uma viagem...

Isabel José António disse...

Querida Sara,

Só agora tive oportunidade de vir fazer-lhe uma visita e de reforçar o que tantos Amigos que aqui passaram disseram já: Acredito que é possivel olhar para o Alto com Aspiração e receber do mais profundo de nós próprios Inspiração! Acredito que, se semearmos o BEM e o AMOR, mesmo que tenhamos primeiro que fazer face às dificuldades que n´so próprios semeámos, acabaremos por ultrapassá-las e então estaremos ainda mais libertos para VER e partilhar a Beleza e a Vida.

Desejo-te muito Boa Sorte!

Isabel

maat disse...

pois é SA.ra,aqui tudo é respiração e leveza. como eu gosto de aqui vir. Semear o bem e o belo tem nuitas consequências.

beijinhos e muita Alegria,

***maat

greentea disse...

roubei um texto


com S de Surdez

com S de Solidão

com S de Simpatia

e com todas as letras de Ternura e carinho e admiração

beijos para ti, Sa.ra

sa.ra disse...

roubaste?!

:)

vou investigar o roubo!

beijos!
um dia feliz!

Ruth Iara disse...

Que bom receber este reforço para a coragem e segurança que sinto na verdade!

Beijos!